metro3

00:00
Já virou moda
Secretário da Fifa critica atraso nos estádios para Copa do Mundo. De novo.

Jerome Valcke teme a volta dos protestos populares durante a Copa do Mundo

Publicado: 12 de janeiro de 2014 às 18:52 - Atualizado às 18:53

O secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, criticou novamente neste domingo (12) a organização da Copa do Mundo do Brasil. ”A grande dificuldade é que não teremos tempo para testes. Encontramos uma infraestrutura que não está perfeitamente pronta quando sabemos que é essencial para garantir o melhor fluxo de pessoas nos aeroportos, nas cidades, nos estádios”, disse em entrevista à rádio France Bleu.

Valcke corroborou ainda as críticas do presidente Joseph Blatter, para quem algumas ações poderiam ter sido tomadas mais cedo no Brasil. Na ocasião, Blatter também disse que “o Brasil é o país mais atrasado em uma preparação para a Copa desde que cheguei à Fifa”.

Apesar de todos os problemas que deverão ocorrer, Jerome Valcke acha que a Copa do Mundo tem tudo para ser “executada maravilhosamente bem. O Brasil é a Meca do futebol. Será um Mundial único”, disse. ”Não sabemos como será a reação das ruas”,  completou, referindo-se aos protestos durante a Copa das Confederações.

Notícias relacionadas
No governo Dilma
Ibope ganhou R$ 5,2 milhões para medir ‘traço’
Em Petrolina
Dilma recebe apoio de movimentos sociais do Semiárido
Doleiro mete medo
Governo manobra e adia depoimento de Youssef na CPI
Segundo turno
PT decide gastar mais R$ 40 milhões na reta final de campanha