Publicidade
17 de Abril de 2018
Governador acusa procuradora de perseguição
O governador do DF, Rodrigo Rollemberg, e o seu secretário de Saúde, Humberto Fonseca, ingressaram com reclamação junto ao Conselho Nacional do Ministério Público acusando de “perseguição pessoal e política” e abuso de autoridade a procuradora Marisa Isar, do Ministério Público do DF (MPDFT). Afirmam que Isar usa o cargo para intimidar e constranger integrantes da gestão até com ações de improbidade por situações de 2008, sete anos antes da posse do atual governo.
Publicidade
busca
colunas anteriores

 
Busca
Redes sociais
@diariodopoder
© 1998 - 2018 - Todos os direitos reservados