Publicidade
12 de Janeiro de 2018
Importação objetiva destruir o etanol nacional
O planejamento estratégico das distribuidoras de combustíveis, várias delas controladas por empresas norte-americanas, para esmagar o etanol brasileiro, passa por inundar o Nordeste do produto dos Estados Unidos, à base de milho, quando a produção na região está no auge. De maneira até cruel, o etanol importado, podre por ser poluente, entra no Brasil pelos portos nordestinos, para quebrar o produtor da região.
Publicidade
busca
colunas anteriores

 
Busca
Redes sociais
@diariodopoder
© 1998 - 2018 - Todos os direitos reservados