Publicidade
13 de Agosto de 2017
Sem explicação
O Tribunal Regional do Trabalho, em Salvador (BA) quer contratar professores de ginástica particulares, “personal trainers”, para dar “aulas de corrida”. Até o fechamento desta edição, o TRT não havia explicado o que motivou a decisão de contratar personal trainers.
Publicidade
busca
colunas anteriores

 
Busca
Redes sociais
@diariodopoder
© 1998 - 2017 - Todos os direitos reservados