Publicidade
Escroque e canalha

Canalha da escória de Joesley Batista tem que ser tratado com o rigor e no tom que o assunto exige. Nessa linha, creio que a nota de repúdio de Michel Temer deveria ser mais dura e veemente. Embora tenha sido esclarecedora. Chamar Joesley apenas de bandido é café pequeno.  Soa como elogio ao pulha e picareta que realmente Joesley é.   As palavras foram feitas para serem usadas. Sobretudo as que fazem corar os hipócritas e incomodam os covardes. Joesley é leviano, mentiroso e irresponsável. Isto precisa ser dito e reiterado. Temer é acusado por um patife engravatado. Um ordinário cretino que se julga intocável. Que ficou milionário à custa dos cofres públicos e agora quer posar de mocinho. É  Um  verme mais nocivo do que lixo  hospitalar.  Inacreditável que um rato de esgoto como Joesley Batista deixe a República em polvorosa. E o pior, que permaneça solto e debochando dos brasileiros. Temer faz bem, em processsar o cachorro pirento e leproso Joesley. Não se pode deixar a calúnia nem respirar e o apedeuta Joesley impune. 

 

Lixo impresso
Cresce a escalada do lixo impresso. Depois das porcariadas do imundo Joesley Batista, à pornográfica  revista " Época", é grande a expectativa pelos novos capítulos do reality show do ressentimento,  da infâmia, do oportunismo , da hipocrisia e da mentira. Volto a perguntar: a quem interessa pendurar Temer na cruz?   

 

Sugestões ao Ancelmo
JBS  quer mudar e-mail para salvar as empresas 

Ancelmo,
Perda de tempo.  Deixa assim mesmo. Ou mudem para: ordinários@com.br   irmãosratos@com.br ou, o melhor de todos: fdpjbs@com.br. A  ausência de caráter dos irmãos Metralha vem do berço. Ou melhor, do esgoto da sarjeta, onde foram paridos.

 

Tite, chama o Ganso
Manda o bom senso e a visão profissional, qualidades que compõem a  trajetória do Técnico Tite, da necessidade de dar uma chance real na seleção ao talentoso atleta Paulo Henrique Ganso. 

 

Infame e folclórico
Juca Kfouri deveria olhar  para o próprio umbigo (Esporte-12/6- Folha de São Paulo).O eterno folclórico destaca que o nome do ex-goleiro Gylmar Neves é com y, fazendo gracejo e alusão  com o i do Gilmar,  ministro do TSE e STF.  Que Juca não perca de vista que o Kfouri dele é com i, para diferenciar dos que são com y. Todos de boa linhagem e do bem. Diferentes dele. 

 

Mau caráter
O  caráter - ou a falta absoluta dele. Bastou a TV-CBF transmitir os dois amistosos do Brasil, na Austrália, com absoluto sucesso,  deixando de fora  a TV-Globo, para vir a torpe vingança no Jornal Nacional de sabado: com matéria requentada de 2015, repito, 2015, comentando denúncias surradas envolvendo dirigentes esportivos, entre eles Ricardo Teixeira e  Marco Polo Del Nero. Como de costume, colossais ilações. Nada provado.Reiterou a nota oficial da CBF.  É  assim que cai a máscara dos farsantes, pseudos isentos da Globo e do  carro-chefe das picaretagens da emissora, o Jornal Nacional. Cada dia que   passa a Globo e o Jornal Nacional ficam mais desacreditados e desesperados.  Agora anunciam nova roupagem. Redações maiores. Seguramente para editar perfídias e sandices ainda  mais sofisticadas.  
Eis o timão da TV-Globo e do Sportv.
Arrogantes pobres  diabos relinchando na TV:
Canalha,  bandido, marginal, arrogante e prepotente; patrulheiro, venal, oportunista e ordinário;  escroque e  patife. Corja de beócios. 

 

A senadora merece
A senadora gaúcha, Ana Amélia, é a parlamentar melhor avaliada entre os 594 congressistas no levantamento do site Ranking Políticos. 

 

Aspas para Sacha Calmon
Em vigoroso e esclarecedor artigo no Correio Braziliense, o advogado Sacha Calmon afirmou, entre outras verdades irretocáveis: "Igualmente estranháveis os editoriais constantes da Globo, no sentido de derrubar o governo Temer( Meirelles negando favores a quem quer que seja), mesmo com equipe econômica tirando o país da recessão criada pelo PT, com a possibilidade concreta de o país crescer de 3% a 4% em 2018, ano eleitoral. Quer  nos parecer que não lhe interessou o sucesso do governo, nem a condenação dos corruptores confessos, donos da JBS".

 

Limongi é jornalista. Sócio da ABI há 48 anos. Tem face e blog. Trabalhou no O Globo, TV-Brasília, Última Hora de Brasília, Suframa, Universidade de Brasília,  Senado Federal e Confederação Nacional da Agricultura.  É servidor aposentado do Senado Federal.

Publicidade
TWITTER
@colunach

 
Busca
Redes sociais
@diariodopoder
© 1998 - 2017 - Todos os direitos reservados